galeria

ECOFITAs
palafita-pomar

ECOFITAs

Autor Laura Souza Carmo Campos
Equipe Paula Lobato, Tarsila Goulart, Isabela Couy, Lila Loyola
País Brasil

A seguinte proposta de ação-performance é uma tentativa de despertar o olhar dos moradores do bairro Buritis para a possibilidade da vida urbana coexistir com a produção de alimentos.
Ecofita é a ocupação do vazio através da agrofloresta, neste caso, o cultivo em menor escala de espécies que geram alimento. A agrofloresta é uma prática inspirada pela forma cíclica na qual a natureza funciona. É um sistema de plantio de alimentos que prevê a recuperação de uma floresta, possibilitando o aumento da produção em relação à área.
As Ecofitas serão uma cápsula verde, um experimento com temporalidade e espacialidade definidas, um primeiro estudo na ideia de se implantarem pequenos cultivos de alimento pela cidade. Engajar a vizinhança a partir de técnicas de plantio agroecológicas traz, inevitavelmente, um questionamento acerca de nossa relação com as plantas, nosso papel diante delas, nossa relação um com os outros e, mesmo, se é possível resgatar memórias de tempos não tão distantes em que a vida aproximava com mais gentileza da natureza. A vivência com foco em agrofloresta traz à tona um processo de reconstrução do ser, de dentro pra fora, com valores de comunhão e entrega, permeando o autoconhecimento e o instinto de comunidade.

EX-queleto
palafita-pomar

EX-queleto

Autor Mariana Alonso Marques
Equipe Giuliana Drummond, Ivo Moraes, Patricia Torres, Mariana Alonso
País Brasil

Partindo da metáfora de que as estruturas são o esqueleto que sustenta o edifício, para responder a chamada do concurso, trazemos a proposta de transformar essa carcaça em um organismo vivo. Propomos a instalação de um jardim sensorial para estimular os 5 sentidos, que são as maiores provas de que estamos vivos. Ao fazermos uma analogia com o corpo humano, redes farão o papel de tecido conjuntivo interligando o esqueleto de concreto e nutrindo-o de pessoas, através de pisos e fechamentos que configuram o organismo. Pretendemos fazer um espaço que possa ser vivido, experienciado e que, mesmo depois da Fase 2, possa ser ainda um espaço de encontro público.

1 Nuvem
palafita-pomar

Nuvem

Autor Juliana Sicuro Corrêa
Equipe Vitor Garcez, Larissa Monteiro
País Brasil

Uma estrutura em tubos de aço galvanizado forma uma grid espacial.
Essa grid intercepta a estrutura de concreto existente e nela é fixada.
Junto a uma caixa d’água de reuso, compõe um sistema de irrigação e banho para plantas e pessoas.
Um piso é criado dando acesso à cota elevada.
A caixa é então coberta por uma fina camada de tela agrícola que possibilita também o cultivo de ervas e hortaliças.
A caixa vazia circunscreve um espaço-estufa.
Cria um interno e também um por de trás. Uma nuvem flutua, esguicha, refresca, agrega e cultiva.
O sol oferece boas condições de estar.
O pomar floresce.

comentários do júri


O conceito da proposta, além de configurar um novo microclima local e público, é muito adequado por ocupar-produzir o espaço nas conexões entre público e privado, trazendo a ludicidade de um modo menos funcionalista. Destaca-se a escala da proposta e o fato de deixar um legado para o bairro.

Para a segunda fase, sugerimos:
- Revisão sobre a necessidade do acesso à estufa, tendo em vista que a escolha pelo sistema de lajes não nos parece adequada para a estrutura metálica proposta;
- Investimento em um sistema de recirculação e armazenamento da água;
- Investimento em iluminação para o pomar.

Praça Suspensa
palafita-pomar

Praça Suspensa

Autor Renan Monteiro
Equipe Maria Vitória Ferreira, Wagner Maia, Mônica Benetti, Renan Monteiro
País Brasil

Uma 'praça suspensa' onde priorizamos a permeabilidade como conceito fundamental do projeto. O vazio valoriza os sentidos e esse é o ponto do projeto. Buscamos liberdade, e a permeabilidade arquitetônica nos leva o mais próximo disso.
Mantivemos o aspecto original da palafita com seu ritmo próprio de cheios e vazios. Redes de trapezistas foram inseridas entre os pilares (vazios) onde a aparência crua e a permeabilidade entre eles continuassem visível. Desse modo conseguimos tornar o local transitável e divertido (sentidos) sem esconder o que tem realmente ali.
A proposta não esconde a problemática urbana e torna o espaço convidativo e atrativo para a ocupação.

ver mais

projetos
ordem por palafita / classificação / país

palafita-caverna

palafita-indiscreta

palafita-caleidoscópica

palafita-esbelta

palafita-dos-cachorros

palafita-comum

palafita-gigante-I

palafita-gigante-II