gallery

Espaços Invisíveis
giant-stilts-I

Espaços Invisíveis

Author Frederico Rodrigues
Team Frederico Rodrigues, Zargos Vasconcelos, Rodrigo Pereira, Diandra Noemí
Country Brazil

O vermelho grita, é sague, é movimento, é calor, é amor. Uma profusão de silhuetas vermelhas invadindo um espaço estéreo. Uma enxurrada de vida se apropriando, mesmo que figurativamente um espaço morto. Grandes pernas que sustentam vida e ao mesmo tempo são negligenciadas da mesma. Uma ode de protesto, um grito, um chamado.

Uma profusão de figuras humanas disseminadas pelo espaço, assim como a vida por ali poderia se disseminar. O homem ocupando o espaço, chamando a quem quiser ver o quanto nossas palafitas podem gerar vida, gerar convívio. Gerar espaços que tanto nos falta na selva de pedra.

Com objetivo de impactar, a proposta distribui por toda a extensão da palafita manequins de cor vermelha em poses cotidianas. Busca chamar atenção do transeunte e fazê-lo refletir sobre o subaproveitamento dos espaços na cidade. Contestar as aplicações de tão grandes espaços edificados simplesmente perdidos, como grandes engradados vazios no fundo de uma garagem qualquer.

A proposição de um projeto visual, onde o espectador não adentra as palafitas caminha no sentido da situação atual de inacessibilidade das mesmas. Ainda como enormes espaços com grande potencial, são espaços inacessíveis ao transeunte. É mais um ponto a ser refletido pelo espectador.

A obra não busca responder as questões do ser e do espaço, mas sim enaltecer as infinitas perguntas dessa íntima e ao mesmo tempo tão desconexa relação. Tantas inimagináveis possibilidades de apropriação. Tanto espaço de convívio, de utilização, de ocupação. Tudo tão próximo aos olhos e tão distantes ao toque. Uma imensa grade de concreto, tão perto e ao mesmo tempo tão longe.

proposals
order by ranking / stilt / country

honorable mentions